segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Minas Gerais oferece diversas opções para os turistas neste verão









Quem escolher passar o verão de 2010 em Minas Gerais contará com uma diversidade de atrações que vão desde a vivência da hospitalidade mineira a opções de passeios que abrangem o turismo histórico, cultural, gastronômico, rural, de natureza e aventura. Para a secretária de Estado de Turismo, Érica Drumond, “é no período das férias, com mais dias disponíveis para o descanso, que o turista pode desfrutar a maior parte do seu tempo passeando com a família em alguns dos diversos destinos turísticos que Minas oferece. Minas Gerais é única, proporciona a vivência do lazer, do conhecimento aliado à história e à cultura. O Estado tem suas particularidades, além de ser rico em paisagens e com uma natureza em abundância. Tudo isso aliado à boa gastronomia e a hospitalidade, que só os mineiros oferecem, fazem com que o visitante vivencie experiências diferentes e marcantes”, afirma.

A Setur preparou sugestões de passeios para que o turista possa curtir a estação mais quente do ano em Minas. Faça suas malas ou arrume a sua mochila, escolha seu destino e venha viver o verão em Minas Gerais!

Belo Horizonte

Portal de entrada de Minas Gerais, Belo Horizonte une em uma só cidade todas as características encontradas no Estado. O jeito mineiro de acolher os visitantes começa pela capital. Em janeiro, a cidade é palco de inúmeras atrações culturais, como a 36ª Campanha de Popularização do Teatro, mostra de dança, teatro, música de rua e erudita. Para se refrescar no final do dia, a dica é apreciar os petiscos preparados pelos bares e restaurantes da cidade, reconhecida nacionalmente como capital nacional dos bares e botecos. No mês de janeiro também acontece a edição especial do festival Cachaça Gourmet.

Adrenalina nas montanhas de Minas

Opções para curtir a natureza em Minas Gerais é o que não falta. O Estado é rico na oferta de roteiros turísticos que contemplam o ecoturismo e o turismo de aventura. No Parque Nacional da Serra do Cipó, o visitante encontra paisagens únicas. São grutas, cachoeiras e montanhas que formam o cenário ideal. Em diversos destinos ao longo da Estrada Real, várias modalidades de turismo de aventura são oferecidas, com segurança e responsabilidade ambiental.

No Parque Estadual do Rio Doce, maior reserva de mata Atlântica de Minas Gerais, há inúmeros lagos naturais formados pelo Rio Doce. No Ibitipoca, parque com intensa visitação, o turista poderá ver a correnteza forte que chega a formar passagens subterrâneas, como a ponte da Pedra. Na Serra do Cipó ou Serra da Moeda as diversas cachoeiras são alternativas para um banho refrescante. Atividades como canoagem e tirolesa também são oferecidas por empresas de receptivos turísticos da Serra do Cipó. Já na Serra da Moeda, os esportistas apaixonados pela aceleração da adrenalina encontram naquele lugar um dos melhores pontos de voo livre no país.

Sombra e água fresca

Neste calor, nada melhor do que água para refrescar, relaxar e promover o bem-estar. Em Minas, as estâncias hidrominerais merecem destaque por oferecerem águas com poder medicinal. Poços de Caldas, São Lourenço e Araxá são alguns dos exemplos. Nos destinos que estão localizados ao Sul de Minas, as fontes de água provêm da Serra da Mantiqueira que, preservando boa parte da Mata Atlântica de Minas, privilegia a região com belas paisagens.
O que torna esses passeios únicos é o descanso proporcionado pelas estâncias hidrominerais aliado aos aspectos históricos e culturais encontrados nos casarões seculares, parques, praças e contato com o modo de viver local. Explorar as delícias da culinária típica mineira e o artesanato nos arredores também são uma ótima pedida.

Arte e badalação

É no mês de janeiro que a cultura fervilha nas noites de Tiradentes. A cidade recebe em 2009 a 13ª edição da Mostra de Cinema. O festival exibe um amplo painel das recentes produções cinematográficas brasileiras em vídeos de longa e curta metragens, pré-estreias nacionais, retrospectivas e homenagens. A badalada programação, composta por oficinas, debates, seminários, exposições, apresentações artísticas e programação infanto-juvenil vai do dia 22 ao dia 30 de janeiro.

Além de abastecer a mente com a sétima arte, o turista pode também desfrutar a região da Trilha dos Inconfidentes. As cidades possibilitam ao visitante o conhecimento da fascinante história mineira. A região possui um conjunto de cidades detentoras de um dos mais representativos patrimônios culturais, artísticos e históricos de Minas Gerais.

Para quem aprecia a erudição e a cultura, a região é bastante adequada. Inúmeros artistas desenvolvem e expõe seus trabalhos de escultura, pintura e música. O artesanato é diversificado e famoso em todo o país, especialmente as peças produzidas no distrito de Bichinho, em Prados. Aos domingos, nas cidades mais antigas, é possível apreciar a música sacra do século XVIII, executada nas Igrejas históricas.

Uma gastronomia que não dá pra explicar

Com tantos atrativos para vivenciar, o turista terá que se programar para conseguir aproveitar tudo e ainda se deliciar com a gastronomia mineira. São temperos e sabores diferentes, mas igualmente incríveis, regados por causos e aperitivos. Não se pode deixar Minas Gerais sem provar frango ao molho pardo ou com quiabo, pastel de angu, galinhada, carne de sol, pão de queijo, peixada, doces caseiros, queijos e café com rapadura. É na cozinha, próximo ao fogão a lenha, que o mineiro, com a costumeira hospitalidade, recebe suas visitas.



Anastasia entrega viaturas à Polícia Civil para 13 cidades










Em mais uma ação a favor da melhoria da segurança pública do Estado, o vice-governador Antonio Anastasia entregou 15 viaturas à Polícia Civil de Minas Gerais, neste domingo (20), em Santo Antônio do Amparo. Os veículos atenderão a 13 cidades das regiões Centro-Oeste e Sul do Estado. As viaturas foram entregues ao 5º Departamento de Polícia Civil de Minas Gerais e seguirão para as Delegacias Regionais de Campo Belo (5), Lavras (4), Três Corações (3) e Varginha (3). Os novos carros permitem intensificar a atuação da Polícia Civil no Estado.




De acordo com o chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, delegado-geral Marco Antônio Monteiro de Castro, a Polícia Civil de Minas é vista, atualmente, como a melhor do País devido aos investimentos realizados pelo governador Aécio Neves. “Mais uma vez agradecemos ao Governo de Minas pela atenção em relação às questões da Polícia. Hoje somos dotados de recursos e de competência para atendermos bem os mineiros e protegê-los com qualidade”, disse.



As 15 viaturas fazem parte de um lote de 160 veículos adquiridos para a Polícia Civil, um investimento de R$ 3,18 milhões do Tesouro do Estado. Durante a solenidade, as chaves foram entregues ao prefeito de Santo Antônio do Amparo Evandro Carrara. Entre 2003 e 2008, o Governo destinou R$ 21,58 bilhões para diversos projetos e programas, tendo como diretriz uma política de segurança pública que se tornou exemplo no País e que faz de Minas Gerais o Estado que mais investe nessa área – 13,5% de seu orçamento, anualmente.



Reinauguração do Santuário



O vice-governador participou também da cerimônia de reinauguração do Santuário de Santo Antônio de Pádua, restaurado este ano. Na ocasião, Anastasia lançou a pedra fundamental de revitalização das praças Governador Valadares e Joaquim Ferreira de Aguiar e anunciou a liberação de recursos que vão viabilizar as duas obras. Na revitalização das praças serão investidos R$ 400 mil do Governo de Estado, com contrapartida de R$ 20 mil da Prefeitura.



“O Governo de Minas tem realizado muitos projetos pelo Estado afora. É por isso que anuncio aqui, em Santo Antônio do Amparo, a assinatura do convênio que viabilizará o repasse de recursos necessários para a reforma das duas principais praças do município. Vamos trazer mais progresso e qualidade de vida para os moradores de Santo Antônio do Amparo com a revitalização das praças, completando, assim, a festa de reinauguração do Santuário de Santo Antônio”, disse o vice-governador.



O Santuário de Santo Antônio de Pádua foi construído em 1935 e guarda uma imagem de Santo Antônio vinda de Portugal em 1785. O investimento da obra de restauração do Santuário foi de, aproximadamente, R$ 450 mil, recursos que foram arrecadados junto à comunidade local, por meio de doações dos fiéis e das campanhas e festas realizadas pela Paróquia.


domingo, 20 de dezembro de 2009

Aécio Neves e Anastasia inauguram trechos do Proacesso em Bonito de Minas




O governador Aécio Neves e o vice-governador Antonio Anastasia inauguraram, sábado (19/12), dois trechos do Programa de Pavimentação de Ligações e Acessos Rodoviários aos Municípios (ProAcesso) nos municípios de Setubinha, no Vale do Mucuri, e Bonito de Minas, no Norte de Minas. Os dois trechos somam 78,3 km de estradas pavimentadas, com investimentos de R$ 41,6 milhões.






Aécio Neves inaugura trechos do Proacesso

em Setubinha e Bonito de Minas




Governador também fez ligação de energia elétrica em uma das 375 casas atendidas pelo programa Energia Rural – Luz para Todos, em Setubinha





O governador Aécio Neves e o vice-governador Antonio Anastasia inauguraram, neste sábado (19/12), dois trechos do Programa de Pavimentação de Ligações e Acessos Rodoviários aos Municípios (ProAcesso) nos municípios de Setubinha, no Vale do Mucuri, e Bonito de Minas, no Norte de Minas. Os dois trechos somam 78,3 km de estradas pavimentadas, com investimentos de R$ 41,6 milhões. Em entrevista, Aécio Neves destacou abrangência econômica e social do programa, que leva ligação asfáltica aos municípios que ainda não contam com essa infraestrutura. A meta do Governo de Minas é asfaltar todos os trechos até o final de 2010, beneficiando diretamente mais de 1,5 milhão de pessoas.








“Asfalto é desenvolvimento. É uma falácia falar em levar empresas, melhorar o escoamento da produção de determinado município, por exemplo, se você não falar em asfalto; se você não criar condições de acesso a esse município. Estamos deixando Minas Gerais com 219 cidades asfaltadas. Aquelas que não tinham asfalto, todas elas, ao final do nosso governo, estarão com o asfalto pronto. Temos hoje só dois tipos de estrada em Minas Gerais: as que estão prontas e as que estão em andamento. Esse é um projeto extremamente audacioso. É o maior programa viário do Brasil, incluindo aí o do Governo Federal”, disse o governador.




No início deste mês, o governador Aécio Neves assinou a Ordem de Serviço para a última etapa do ProAcesso. Estão sendo contemplados os sete últimos trechos sob responsabilidade do Estado e que ainda não contam com acesso por asfalto. Com os últimos sete trechos, o Governo do Estado está concluindo 100% do Proacesso na sua área de responsabilidade. O ProAcesso foi criado em 2004, com o objetivo de levar a ligação por asfalto a 225 municípios mineiros que ainda não contavam com estrada asfaltada. Desse total, 219 trechos são de responsabilidade do Governo Estadual e 6 estão sob a responsabilidade do Governo Federal (DNIT).




Norte de Minas, Jequitinhonha e Mucuri




Cerca de 60% dos municípios contemplados pelo ProAcesso estão no Norte de Minas, nos vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce e na região Noroeste. São áreas que possuem IDH abaixo da média estadual. Dos municípios com problemas de acesso, 88% têm menos de 10 mil habitantes e 97% têm IDH menor que a média de Minas Gerais.




Em Setubinha, o trecho a ser inaugurado, de 44 km, liga o município a Novo Cruzeiro. Já Bonito de Minas ganhou ligação por asfalto em 34,3 km, da cidade até o entroncamento para Cônego Marinho e Januária.




O investimento total do Governo do Estado no Norte de Minas e nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, pelo ProAcesso, é de R$ 967,5 milhões, para a pavimentação de 2,5 mil km de estradas. Dos 79 municípios contemplados pelo ProAcesso nessas regiões, as obras já estão concluídas em 44 trechos, estando 35 com as obras em andamento.




Energia Rural




Em Setubinha, o governador Aécio Neves também acionou o dispositivo que levará energia elétrica à casa de dona Antonieta Nascimento Rosa, moradora da comunidade Pai Domingos, na zona rural de Setubinha (4 km da sede). Dona Antônia faz parte das 375 famílias do município já beneficiadas pelo programa Energia Rural – Luz para Todos, desenvolvido pelo Governo de Minas em parceria com a União.




Entre 2004 e 2007, o Energia Rural - Luz para Todos fez 300 ligações em Setubinha com investimentos de R$ 4 milhões, sendo 79% recursos da Cemig e Governo de Minas e 21% do Governo Federal.




Este ano, foi iniciada uma nova etapa do programa, com investimentos que somam R$ 3,64 milhões (70% de recursos estaduais e 30% federais). Nessa etapa, as casas de mais 380 famílias passarão a contar com energia elétrica até o final de junho. Do total de 380 ligações, 75 já foram concluídas.





Em seu pronunciamento, o prefeito de Setubinha, João Barbosa Neto, afirmou que o Governo do Estado fez uma verdadeira revolução nos vales do Jequitinhonha e Mucuri, citando os programas Proacesso, Luz para Todos e o Travessia, que forma uma mutirão entre as secretarias de Estado para obras de infraestreutura em comunidades com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).




Aécio Neves lembrou que, quando assumiu o primeiro mandato, disse que daria atenção especial para a região. “Hoje o governo investe três vezes mais nos vales e Norte de Minas do que em outras regiões. Tratar de forma diferente os que são diferentes é fazer justiça. A política feita com seriedade é instrumento fundamental para transformar uma sociedade”, disse.



sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Anastasia entrega viaturas à Polícia Civil no Centro-Oeste




O vice-governador professor Antonio Anastasia estará em Santo Antônio do Amparo, no Centro-Oeste de Minas, no próximo domingo (20), às 9h30, para realizar a entrega de 15 viaturas ao 5º Departamento de Policia Civil de Minas Gerais. As viaturas seguirão para as Delegacias Regionais da Polícia Civil – Campo Belo (5), Lavras (4), Três Corações (3) e Varginha (3) – e irão atender a 13 cidades do Centro-Oeste e do Sul do Estado. Os novos carros permitem a intensificação da atuação de investigação da Polícia Civil no Estado.



O Governo de Minas já investiu R$ 3,18 milhões do Tesouro do Estado na compra do lote de 160 veículos para a Polícia Civil de Minas. Entre 2003 e 2008, o governo destinou R$ 21,58 bilhões para diversos projetos e programas, tendo como diretriz uma política de segurança pública que se tornou exemplo no país e que faz de Minas Gerais o estado que mais investe nessa área (13,5% de seu orçamento, anualmente).



Também em Santo Antônio do Amparo, Anastasia reinaugura o Santuário de Santo Antônio de Pádua, restaurado este ano. O Santuário, construído em 1935, guarda uma imagem de Santo Antônio vinda de Portugal em 1785. O investimento da obra de restauração do Santuário foi de, aproximadamente, R$ 450 mil, recursos arrecadados junto à comunidade local, por meio de doações dos fiéis e das campanhas e festas realizadas pela Paróquia.


Serviço


Evento: Entrega de viaturas à Polícia Civil e reinauguração do Santuário de Santo Antônio
Local: Praça Governador Valadares, em Santo Antônio do Amparo
Data: 20/12/2009
Horário: 9h30

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Anastasia participa da formatura do ProJovem Trabalhador Juventude Cidadã











O vice-governador Antonio Anastasia e o ministro do Trabalho, Carlos Luppi, participaram, nesta quinta-feira (17), no Palácio da Liberdade, da formatura de 580 jovens atendidos pelo programa ProJovem Trabalhador – Juventude Cidadã. O programa, desenvolvido em parceria pelo Governo de Minas, governo federal e municípios prepara jovens para o mercado de trabalho, oferecendo alternativas geradoras de renda através de cursos de qualificação profissional em 16 áreas distintas.



Minas Gerais é o estado com maior abrangência do programa, atendendo 12 mil alunos de 189 municípios dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte do Estado. O Ceará vem em segundo lugar, com 7.800 alunos. São beneficiados jovens com idade entre 18 a 29 anos, desempregados, de famílias com renda mensal per capita de até um salário mínimo. O beneficiado deve estar cursando ou ter concluído o ensino fundamental ou médio.



Novas oportunidades



O vice-governador ressaltou que o Norte e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri são as regiões mineiras com menor oferta de cursos de qualificação profissional. Ele disse que o Projovem representa a esperança em dias melhores, uma vez que contribui para a inserção dos jovens das regiões mais pobres de Minas num mercado de trabalho cada vez mais exigente e competitivo. “Tive a oportunidade de ter ido às três regiões, Mucuri, Jequitinhonha e Norte de Minas, falando com os alunos do ProJovem Trabalhador e perceber como o programa é positivo. É uma bela parceria. Os alunos passam a ter mais oportunidade de emprego. Eles completam os cursos formais, com aulas de cidadania, de ética, de conhecimento e isso é muito bom”, disse Anastasia, em entrevista.



O ministro Carlos Luppi afirmou que o Projovem é uma importante iniciativa e que o êxito da execução do programa em Minas levou o Ministério do Trabalho a definir a abertura de novas vagas no Estado no ano que vem. “Quero, ano que vem, renovar, ampliando isso – conversei com o vice-governador Anastasia, vamos ampliá-lo ano que vem – porque a gente vê que esse espaço é um espaço que dá oportunidade. Ele quer atingir as famílias mais vulneráveis, que ganham até um salário mínimo para que esse jovem possa aprender uma profissão, possa ter chance na vida, de crescer, conseguir seu emprego que é o que dá cidadania”, disse.



Diminuindo diferenças



A parceria para implementação do ProJovem no Estado faz parte das ações do Governo de Minas para reduzir as diferenças regionais e acelerar o crescimento econômico e social do Estado. Anastasia lembrou que, este ano, os vales do Jequitinhonha e Mucuri receberam o maior volume de recursos de sua história; R$ 276 per capita. No Norte de Minas foram investidos R$ 125, enquanto a média de investimento no restante do Estado foi de R$ 78 per capita. “Desde o primeiro dia da sua administração, o governador Aécio Neves se empenhou e determinou que fossem desenvolvidas ações para dotar o chamado Grande Norte de melhor infraestrutura, melhores escolas, serviços de saúde, melhores oportunidades de trabalho. E pela primeira vez investimos nessa região o dobro do que destinamos para outras regiões do Estado, com o objetivo de diminuir diferenças e garantir melhores condições de vida à população”, disse ele.



O programa conta com financiamento do governo federal, que repassa R$ 1,6 milhão/mês, e do Governo de Minas, que destina R$ 320 mil mensais para a manutenção dos cursos de qualificação. As prefeituras cedem espaço e são responsáveis pelas inscrições e pela contratação de professores.



Sonho realizado



Cerca de 30% dos alunos que estão se formando serão imediatamente inseridos no mercado de trabalho por meio de parcerias estabelecidas com a Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Fecomércio e Ecel. Também são parceiros Sesc, Senac e Universidade Federal de Diamantina. Outros decidiram abrir o próprio negócio depois dos conhecimentos adquiridos no ProJovem. É o caso de Leidiane Queiroz Silva, oradora da turma que participou da solenidade no Palácio da Liberdade. Ela contou que fez o curso de Serviços Sociais junto com a irmã gêmea Lidiane. Para ela, a chance de matricular-se no curso foi a maior responsável por ter realizado o sonho de abrir um salão de beleza em Montes Claros, Norte de Minas, onde mora. “Hoje temos um salão de beleza só nosso, o salão Lidi e Leidi. Trabalhamos para embelezar e deixar as pessoas mais felizes. O curso é uma grande oportunidade que nos foi dada de crescer profissionalmente e tenho certeza que outros jovens, como nós, estão realizando os seus sonhos”, disse ela.



Sônia Macedo Martins, moradora de Água Boa (Vale do Jequitinhonha) fez o curso de Auxiliar Administrativa e já está empregada. “Na semana passada terminei o estágio de seis dias na Eletromóveis São Judas Tadeu. No dia seguinte, fui contratada para trabalhar na MM Papelaria e Utilidades, da mesma rede comercial. O curso foi dividido em quatro módulos; Administração, arquivista, Almoxarifado e office girl, o que me deu experiência para ser um funcionário coringa. Faço um pouco de tudo”, disse ela.



Reivison Soares da Silva, de Montes Claros, concluiu o curso de eletricista de alta tensão e em fevereiro do ano que vem começa a trabalhar na Ecel Engenharia e Construções, empresa que presta serviços à Cemig na execução do Luz para Todos. O programa é uma parceria do Governo de Minas com a União e está levando energia elétrica às comunidades rurais do Estado. “Estou tão animado que depois do curso decidi continuar estudando para fazer faculdade de Engenharia Elétrica”, contou ele.



Em Minas, o programa teve início em agosto e neste mês 344 turmas estão concluindo cursos nas seguintes áreas: Administração, Serviços Pessoais, Construção e Reparo, Saúde, Metal Mecânica, Telmática, Agroextrativismo, Gestão Pública e Terceiro Setor, Vestuário, Alimentação, Madeira e Móveis, Arte e Cultura, Turismo e Hospitalidade, Percussão, Serviços Domésticos, Esporte e Lazer.



A solenidade contou com a participação do grupo musical Iukerê, de Diamantina e do músico Wilson Sideral, que cantou “Primavera”, de Cassiano, e “Tempos Modernos”, de Lulu Santos, entre outros sucessos da MPB. Também estiveram presentes os secretários extraordinário de Estado de Desenvolvimento do Norte de Minas e dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Elbe Brandão, de Desenvolvimento Social, Agostinho Patrus Filho, de Esportes e Juventude, Gustavo Corrêa, e de Reforma Agrária, Manoel Costa, além do presidente do Idene, Walter Adão.


terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Minas Gerais é campeã, pela quarta vez, da Olimpíada Brasileira de Matemática

Minas Gerais conseguiu, pela quarta vez consecutiva, ser o estado com maior número de medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). A quinta edição da Olimpíada distribuiu três mil medalhas, sendo 300 de ouro, 900 de prata e 1,8 mil de bronze. Deste total, o Estado conquistou 776, contra 655 de São Paulo e 319 do Rio de Janeiro, que ficaram com a segunda e terceira colocações, respectivamente.









O resultado foi divulgado em Brasília, nesta segunda-feira (14) e Minas Gerais conseguiu o primeiro lugar em todas as categorias. Os alunos mineiros conquistaram 71 medalhas de ouro, contra 53 do Rio de Janeiro e 52 de São Paulo. Na categoria prata, os mineiros conquistaram 223, seguidos pelos paulistas, com 203, e fluminenses, com 123. Os alunos de Minas ganharam 482 medalhas de bronze, enquanto São Paulo ficou com 400 e o Rio de Janeiro obteve 143.



O número de participantes da quinta edição da Obmep foi recorde, passando de 18 milhões de alunos inscritos em 2008 para 19,2 milhões de estudantes este ano. Esse número representa uma adesão de 43,8 mil escolas de 99,1% dos municípios brasileiros. Em Minas Gerais, 4.245 escolas se inscreveram na Obmep, número que equivale a 85% das escolas do Estado que se enquadram no perfil da olimpíada. A premiação dos medalhistas acontece em março de 2010.



A Obmep é realizada pelo Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), Ministério da Educação (MEC), Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa/MCT) e Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).


quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Anastasia preside solenidade do Dia dos Gerais em Matias Cardoso




O vice-governador Antonio Anastasia presidiu, nessa terça-feira (8), em Matias Cardoso, no Norte de Minas, a cerimônia em comemoração ao Dia dos Gerais e a entrega da comenda Civismo e Consciência dos Gerais. Além de ser um dos homenageados com a Medalha Mathias Cardoso, durante a solenidade, o vice-governador recebeu o Título de Cidadão Honorário do município, cuja autoria da indicação é do presidente da Câmara Municipal, vereador Arnaldo Martins da Silva.



Em seu pronunciamento, Anastasia lembrou como o Norte de Minas faz parte de maneira clara, real e efetiva da história de Minas Gerais. “Aqui está o futuro, pois nestas terras, que nós sabemos férteis, temos um povo trabalhador. O estímulo dos poderes públicos e todas as condições estão colocadas para desenvolvermos bem. E, para isso, precisamos simplesmente de união, força, coesão e harmonia de todos nós mineiros, orgulhosos de nossa história e sabedores da potencialidade de nosso querido Estado”, disse.








Anastasia ressaltou que a historia de Minas Gerais é integrada e que Minas é a síntese do Brasil. “Em Minas, nasceu a mineiridade e Minas Gerais é um Estado que foi criado por meio de várias forças. Uma delas é aquela que brota do Norte de Minas, das Gerais. A mesma história rica que tivemos na zona aurífera de Mariana, de Ouro Preto, de Sabará, de Tiradentes, de São João del-Rei e Paracatu, temos aqui também no Norte, onde estava a alimentação tão necessária para sustentar a produção mineradora”, explicou.



O vice-governador também destacou que a combinação entre Minas e o Gerais formam o todo e assim, inclusive, os dois prédios da Cidade Administrativa, não por acaso, se chamarão Minas e Gerais, pois unidos eles simbolizam o progresso, o desenvolvimento e a integridade da alma cívica. “O sentimento da mineiridade não é completo se não tiver todas as partes. Uma parte está nas minas, na mineração, a outra está aqui, nos pastos, no sertão, nas gerais. Então é a fusão dos dois que formam o espírito mineiro”, completou.



As comemorações do Dia dos Gerais fazem referência à lendária figura do bandeirante Mathias Cardoso de Almeida, que, em 1660, se fixou às margens do Rio Verde Grande e, posteriormente, do Rio São Francisco, sendo o fundador do Arraial de Morrinhos, hoje a cidade Matias Cardoso. Em reconhecimento àqueles que, de alguma maneira, fazem parte do Norte de Minas ou que lutam pelo seu desenvolvimento, foram instituídas as medalhas Mathias Cardoso, para os homens, e Maria da Cruz, para as mulheres. As comendas pretendem eternizar o orgulho que o sertanejo tem pela sua terra e contempla as pessoas que se destacaram nas áreas de ação social, agropecuária, cultura, educação, infraestrutura, meio ambiente, saúde e turismo.



O Movimento Catrumano foi lançado em 2005 pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) e Prefeitura de Montes Claros, além de outros segmentos da sociedade. Esse movimento institui uma honraria àqueles de defendem e lutam pela cultura e os valores do Norte de Minas.


segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Anastasia inaugura casas da Cohab e recebe homenagem em São Gonçalo do Sapucaí



O vice-governador professor Antonio Anastasia estará à disposição da imprensa nesta segunda-feira (7), às 16h30, no Conjunto Habitacional Nova Era, ao lado do bairro Novo Horizonte, em São Gonçalo do Sapucaí.

O vice-governador professor Antonio Anastasia estará em São Gonçalo do Sapucaí, no Sul de Minas, nesta segunda-feira (7), às 17h, para inaugurar mais um conjunto habitacional no Estado. Por meio do Lares Geraes – Habitação Popular, as casas construídas pela Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab) vão beneficiar 50 proprietários do Conjunto Habitacional Nova Era.

O empreendimento recebeu recursos de mais de R$ 1,5 milhão do Fundo Estadual de Habitação. Desde o início do Programa Lares Geraes, em 2005, já foram entregues aos mutuários 20.249 casas e o Governo já investiu R$ 521,2 milhões.

Anastasia também se tornará Cidadão Honorário de São Gonçalo do Sapucaí. A outorga do Título será às 19h, no Clube Umuarama – Avenida Presidente Tancredo Neves, 335, bairro Umuarama.


Serviço
Evento: Inauguração Casas da Cohab
Local: Conjunto Habitacional Nova Era, ao lado do bairro Novo Horizonte
Data: 07/12/2009
Horário: 17h

Evento: Título de Cidadão Honorário de São Gonçalo do Sapucaí
Local: Clube Umuarama – Avenida Presidente Tancredo Neves, 335 – Bairro Umuarama
Data: 07/12/2009
Horário: 19h

Contato: Assessoria de Imprensa da Vice-Governadoria de Minas Gerais
Jornalista Flávia Barros (31) 9611-9623